quinta-feira, 23 de abril de 2009

DECLARA - AÇÕES



Já estou de saída
O mundo lá fora me espera.
E não tenho mais tempo a perder:
são homens, mulheres e outras massas
esperando o meu prazer.

Te quero, mas você não é a única.
E nem poderia ser.
Existe um universo de
possibilidades esperando
por mim e por você.

O amor só sobrevive
na incompreensão.
Quem compreende o amor
já deixou de amar faz um tempão.

E tem mais:

Eu preciso do novo.
Preciso de uma nova versão minha,
porque eu também me
canso tanto de mim.

Não quero economizar
nenhuma das minhas
personalidades.
Todas juntas são quase eu.
Todas separadas, quase nada.

(Sintia Lira)

4 comentários:

Tássio Winter disse...

e essa paixão todaaaa? hahaha
muito bom o texto xD
boa sorte nesse seu amor aí, tá?

bjs
http://www.umtantodivertido.blogspot.com/

BRUNO disse...

SINTIA, OBRIGADO PELO COMENTÁRIO NO MEU BLOG E ADMIRO PESSOAS QUE FAZEM POESIA.

EY TENHO AS MÃOS MUITO RUDES PARA ISSO MAS GOSTO DE LER, TEM UM TEXTO QUE COMPARO AS OBRAS DE NIETZSCHE E LEOPARDI E ACHO QUE VC VAI GOSTAR:

http://tempo-horario.blogspot.com/2009/02/no-infinito-silencio-leopardi-e.html

Saiba que já ganhou um seguidor, espero que retribua beijos!

Lu Andrade disse...

Uau.
Bem profudno, você escreve bem, é sentimento purinho.
Gostei.
Beijos

Cristina disse...

"Não quero economizar
nenhuma das minhas
personalidades.
Todas juntas são quase eu." _ Essa é uma frase curta, reta e no entanto, diz muito...Na verdade, ela diz tudo! Um beijo.

Cris - www.tudooqueeusinto.zip.net